Paulo Reis, o Bugginho Developer

Bugginho Developer

Bugginho Developer

O Bugginho Developer é um personagem fictício que procura trazer alegria e descontração para os estudantes e profissionais de TI. Atualmente, a sua página no Facebook é uma das mais populares páginas sobre programação. No dia primeiro de janeiro, ele fez uma postagem revelando o seu alter-ego, o programador Paulo Reis, de Lauro de Freitas, Bahia.

Agora vamos saber mais sobre o personagem e seu criador:

ENJOYING THIS POST?

Get More Benefits With LiveEdu Pro

Como surgiu a ideia de criar uma página de humor sobre programação no Facebook? Aliás, o Bugginho Developer começou no Facebook ou em outra plataforma? Você se inspirou em outras páginas?

Bem, eu sempre fui meio zueiro, mesmo fora da internet, e como eu participava de alguns grupos de TI no Facebook, vez ou outra eu fazia e postava uma imagem engraçada relacionada a algo de informática e via que a galera gostava bastante. Então um belo dia resolvi criar uma página no facebook para postar algumas coisas engraçada que vinham na minha cabeça, foi então que surgiu o “Dollynho Developer”. Nunca imaginei que a página teria um alcance tão grande, até porque não fiz pensando em fazer sucesso, apenas queria zoar mesmo.

Eu sempre acompanhei páginas como “Vida de programador”, “Vida de suporte”, “Dicas do Dollynho” e diversas outras, e certamente elas foram grandes influências.

O Bugginho Developer começou como “Dollynho Developer”, certo? O que aconteceu para haver a mudança? Uma necessidade de criar um personagem original?

Sim, inicialmente a página se chamava “Dollynho Developer” e eu usava imagens do Dollynho que eu achava na internet, com algum texto por cima, porém acordei um dia e pensei: “E se a Dolly procurar confusão? Vou perder a página? Será que serei processado? E se eu quiser amanhã ou depois partir para outras mídias? Então após pensar um pouco e conversar com alguns amigos, cheguei a conclusão que seria melhor criar um personagem próprio, assim eu não correria esses riscos. O engraçado é que eu não sei desenhar, porém como trabalhei anos em gráfica, utilizando softwares vetoriais, eu consegui fazer um desenho até legal no Adobe Illustrator, usando algumas imagens que vi na net como exemplo, foi aí que surgiu o Bugginho Developer. 🙂

Vimos que, hoje, o Bugginho Developer é uma das páginas sobre programação mais populares do Facebook. Quando você percebeu que a página era um sucesso? Você esperava chegar a 70.000 likes?

Eu ainda não percebi. Hauhauuahuhauha

Sinceramente eu nunca imaginei chegar aos 70 mil likes. Como disse acima, a página surgiu com a ideia de postar zueiras que vinham na minha cabeça, porém a aceitação foi muito maior do que eu imaginava. No começo eu até comentei com um amigo: “Se eu conseguir 1000 pessoas em 1 ano, eu estarei realizado”. Porém após criar a página, postar algumas zueiras e compartilhar em uns grupos, no primeiro dia eu consegui 100 e poucas pessoas, no segundo dia 200 e poucas, depois 400, etc… Fechei a primeira semana com mais de 800 pessoas e se não me falha a memória, tinham quase 2500 pessoas no final da segunda semana. Esse mesmo amigo sempre falou: “Cara, vai chegar fácil a 10 mil likes”, mas eu custava a acreditar. Sempre achei que seria algo momentâneo, que a galera fosse enjoar rápido, mas felizmente não foi isso que aconteceu 🙂

Você tem uma linguagem de programação ou um framework favorito? Imaginamos que não seja Python.

A primeira linguagem de programação que eu tive contato foi o Javascript, depois veio o Perl, ASP (VBScript), ActionScript, PHP, Quick Basic (Fui obrigado na faculdade), C, C#, Java, Python e Ruby.

Trabalhei um tempo com o ASP, mas depois de algumas frustrações, acabei adotando o PHP como linguagem principal e há alguns anos adotei também o Framework Laravel.

Gosto muito do PHP, porém Java, Python, Ruby e C# chamam muito a minha atenção. Acho o Django, o .Net, o Spring e principalmente o Rails, ferramentas fantásticas.

Aliás, de onde vem essa implicância com Python? Vem mais de você ou dos colaboradores da página?

Quem programa em Java acha que eu tenho implicância com o Java, quem programa em PHP acha que eu tenho implicância com o PHP, quem programa em Python acha que eu tenho implicância com o Python, etc… Na verdade o que acontece é justamente o contrário. Eu tenho uma grande admiração pelo Python, acho muito legal a simplicidade do código (Os Javeiros piram), tanto que ensino lógica para minha filha de 10 anos com o Python (ela está gostando bastante. Ela até pediu uma caneca do Python e um adesivo para colar no caderno da escola hahahaha)

Quantas sugestões de postagens você costuma receber por semana? O número de colaboradores tem crescido com a popularidade do Bugginho Developer?

Isso é muito variável. Tem semana que vem 2, 3 ou 4. Tem dia que vem mais de 10, porém as vezes vem várias repetidas (que geralmente o pessoal vê em algum grupo ou página e lembra de mim hauahuahuahua). Na verdade, apesar de as pessoas acharem que existem vários colaboradores, a página é mantida só por mim. Começou assim e acho que vou manter assim. Algumas pessoas já pediram para serem colaboradores, porém eu acho que perderia a essência do personagem.

Eu até compartilho bastante conteúdos que vejo na internet, porém 80% ou 90% do conteúdo postado na página e autoral, então tendo outros colaboradores criando conteúdo autoral teria um choque de ideias e o Bugginho acabaria ficando um pouco bipolar hehehe.

Sugestões e críticas são sempre bem-vindas, porém, é interessante frisar que nem todas as sugestões de postagens são publicadas. Algumas por já terem sido postadas, ou por terem outra publicação parecida, ou por não ser relevante, ou por não ser engraçada, etc.

Quem está por trás do Bugginho Developer? Você (ou vocês) se dedicam a outros projetos atualmente?

Como disse acima, a única pessoa na página sou eu e eu até me apresentei há poucos dias nesse post. Porém, a loja do Bugginho é gerenciada pelo Anderson Fernandes Burnes, que é o mesmo que gerencia as lojas do Vida de programador, Mundo Canibal, Irmãos piologo, Vida de suporte, Piadas Nerds, etc.

Bugginho Developer

Paulo Reis

Infelizmente eu não posso dar atenção exclusiva ao Bugginho porque a página não é rentável, então acabo utilizando meu tempo livre para criar conteúdo e interagir com a galera. Como trabalho como freelancer, acabo tendo um horário mais flexível, então dá tempo de interagir legal com a galera.

Tenho outros projetos relacionados ao Bugginho que sairão ainda este ano. Um deles é a Bugginho Academy, uma plataforma de ensino a distância, gratuita, focada no ensino de linguagens de programação, bancos de dados, design de interfaces e tudo mais relacionado a Desenvolvimento de Softwares.

Gostaria de deixar alguma mensagem para seus leitores e seus colaboradores?

Algumas pessoas não entendem a essência da página e acabam ficando chateadas com algumas postagens. Eu sempre deixo claro que tudo não passa de humor. Não devemos levar essas zueiras ao pé da letra nem ficar com raiva porque A ou B falou mal da linguagem que usamos. Um exemplo sou eu mesmo. Eu uso PHP, gosto muito do PHP, mas sei que a linguagem tem alguns pontos negativos e eu sou um dos primeiros a criticá-los.

Não acho que exista linguagem ou plataforma melhor que outra. Tem gente que com um lápis desenha projetos melhor que muito arquiteto com Autocad e um computador top. Tem gente que com uma flauta doce, compõe melhor que muito maestro com pianos de mais de 100 mil reais.

É interessante aprender uma linguagem de programação? Sim, é, mas principalmente, você precisa aprender a programar. Quando você aprender a programar, a linguagem será o de menos. Costumo comparar programação com música. Você pode aprender a tocar teclado ou pode aprender teoria musical, improvisação, campo harmônico, etc… Se você aprender música, você poderá compor em qualquer instrumento. Se você só aprender a tocar teclado, só saber tocar teclado 😉

Valeu amiguinhos!!!

_______________

Para conhecer as histórias de outros programadores brasileiros, fique ligado nas atualizações do blog do LiveEdu.tv.

Se quiser assistir ao desenvolvimento de projetos de programadores brasileiros, confira estes vídeos.

Leia também:

Cláudio Luciano Florenzano, fundador da Comunidade Brasileira de Sistemas de Informação

Camilo Sasuke, criador do framework ca2

Read previous post:
django-flask-ou-pyramid-qual-e-o-melhor-framework-python-para-voce
Django, Flask ou Pyramid: Qual é o melhor framework Python para você?

O Python é uma linguagem de programação orientada a objetos de alto nível, e com grau de abstração relativamente elevado,...

Close